O que mais causa stress no cuidador?





15/09/2007
Seminário “Cuidador: profissão,ocupação ou responsabilidade familiar”?

 

paletra

Mesa Redonda: Experiências Exitosas, coordenada pela Dra. Helena Watanabe. Palestrantes:Maria Alice Machado, Paulo Cezar Goulart, Lilian Alicke, Maria Celina Rangel e o Presidente da ACI-MG Jorge Roberto

A procura por inscrições além das vagas disponíveis mostrou o sucesso que seria o seminário "Cuidador: profissão, ocupação ou responsabilidade familiar?", realizado no dia 29 de agosto, no Auditório João Yunes da Faculdade de Saúde Pública da USP (SP). E a expectativa se concretizou com participantes de vários lugares do país, inclusive do Acre, interessados em discutir e conhecer os trabalhos que vêm sendo desenvolvidos em torno da questão. E não faltou público para marcar presença, trocar experiência e debater cada uma das atividades da programação, dentre as quais projeto do poder público, ações de instituições como Abraz, iniciativas como o Bairro Cuidador promovido pelo Jornal Cuidadores e até o modelo espanhol de proteção ao idoso. "O evento nos permitiu ver o quanto o assunto é palpitante e o quanto precisa se pensar numa política de cuidado como um todo", conta a professora doutora da Faculdade de Saúde Pública, Helena Watanabe, que juntamente com Marília Berzins, assistente técnica da área de Saúde do idoso da Secretaria Municipal de Saúde de SP e Yeda Duarte, professora associada da Escola de Enfermagem da USP idealizaram o seminário. "Acredito que estamos num momento político importante de trazer o tema para discussão. E o encontro mostrou que é uma questão nacional, que é preciso fazer alguma coisa e isso não pode ficar só por conta das famílias", disse Duarte.

A proposta de fazer um seminário para discutir a assistência domiciliar formal e informal foi uma promoção em parceria entre a Escola de Enfermagem da USP, Área Técnica de Saúde do Idoso da Secretaria Municipal de Saúde da Cidade de São Paulo e a Faculdade de Saúde Pública e que contou também com o apoio de empresas e entidades. O objetivo do encontro - reunir pessoas envolvidas com a questão para discutir, propor novas ações e dar visibilidade ao tema - foi cumprida à risca pelos profissionais que organizaram o encontro.  

O balanço, positivo, foi observado na diversidade de pessoas com profissões e origens diversas presentes ao evento. "O assunto demanda discussões contínuas e faz refletir sobre a necessidade de políticas públicas em torno do cuidado", complementa Berzins.  

Para o diretor do Jornal Cuidadores, Paulo Cezar Goulart, que apresentou o Projeto Bairro Cuidador, ação que envolve comunidade e iniciativa pública e privada em torno do cuidado, além dos conteúdos e reflexões, chamou a atenção a importância das diversas experiências pulverizadas para cuidadores (em diferentes estados e municípios) e a possibilidade de se promover uma articulação entre elas para formar um importante substrato para um trabalho mais integrado consistente e potencializado. "Isso resultará num maior poder de diálogo junto às instâncias governamentais - tendo como horizonte a discussão e implementação de políticas públicas", conclui

 


Home Galeria de Fotos Política de Privacidade Fale Conosco

TELEFONE PARA CURSO: (31) 3023-2927- 3054-7487 PRECISANDO DE CUIDADOR LIGUE: 3327-7394 Endereço: Av. dos Andradas, 302 - sala 515 - Centro (próximo à estação central do metrô) Horário de atendimento: 09:00 as 12:00 e 13:00 às 18:00